Curitiba cria linha de ônibus exclusiva para a área da saúde


A partir de hoje (29), começa a circular a Linha Expresso Exclusivo Saúde, que vai transportar os profissionais da saúde. A Iniciativa da Prefeitura Curitiba é uma tentativa de proteger os servidores da área, que correm risco estando em ônibus comum, podendo assim desfalcar o time de combate ao Coronavírus.

O ônibus, modelo articulado, vai funcionar normalmente, com pagamento de tarifa de R$ 4,50. Serão dois horários de saída em cada ponto final. Às 6h e às 7h no terminal do Pinheirinho e às 18h e 19h da Praça Rui Barbosa.

“A iniciativa é uma forma de dar apoio a essa população que está na linha de frente de combate à Covid-19 e que precisa se deslocar até os hospitais”, disse o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Segundo o presidente da Urbs, o trajeto entre o terminal do Pinheirinho e a Praça Rui Barbosa tem grande concentração de clínicas, hospitais e centros de diagnósticos, ao todo serão 13 hopsitais com ponto de parada e uma UPA.

“Temos 13 hospitais e uma UPA que podem ser apoiados por essa linha”, acrescentou. Entre os hospitais estão a Santa Casa, IPO, Trabalhador, Novo Mundo, Santa Cruz e Pequeno Príncipe. Por dia, 9,5 mil pessoas ligadas à saúde usam os ônibus na capital.

O Expresso Exclusivo Saúde Curitiba vai atender tanto profissionais que atuam diretamente na saúde quanto em áreas de apoio em hospitais, como limpeza, alimentação e atendimento administrativo.

O Prefeito  Rafael Greca autorizou a criação da nova linha, já que o medo de ter que afastar profissionais por terem sido contaminados nos ônibus, seria prejudicial demais para o sistema de saúde que hoje esta perto de de um cataclisma,

Postar um comentário

0 Comentários