Colombo recebe do Governo do Estado mais de 20 mil cartões do Programa Comida Boa

A iniciativa trata-se de um auxílio emergencial no valor de R$50,00 reais, que permite aos beneficiários a compra de alimentos em comércios credenciados dentro do município

Na manhã desta quarta-feira, 06, a Prefeitura Municipal por meio das Secretarias de Assistência Social e Agricultura e Abastecimento, recebeu do Governo do Estado 20.568 cartões do Programa Comida Boa.

A iniciativa trata-se de um auxílio emergencial no valor de R$50,00 reais (Lei Nº 20.172), que permite aos beneficiários a compra de alimentos em comércios credenciados dentro do município. O cartão vai vigorar durante o período da pandemia do novo Coronavírus e surge como um complemento a outros benefícios que são disponibilizados atualmente para a população.

“Ficamos felizes de poder ter mais essa alternativa para ajudar os colombenses nesse momento tão delicado. A ação vai se somar a todos os esforços que já vínhamos realizando, e dessa forma podemos garantir a segurança alimentar das famílias que se encontram em estado de vulnerabilidade”, disse a secretária de Assistência Social, Maria da Silva Souza.

O programa terá duração de três meses, com possibilidade de prorrogação, e é destinado a famílias mais vulneráveis. Ele funcionará ainda por meio de um voucher com QR Code vinculado ao CPF de cada beneficiário, evitando assim possíveis falsificações.

“O auxilio pode ser recebido por até dois membros da família ou então pelo provedor principal. Vale lembrar que ele será usado exclusivamente para compra de alimentos da cesta básica como arroz, feijão ou leite”, explicou o secretário de Agricultura e Abastecimento, Marcio Toniolo.

Quem pode receber

Estão aptas a receber o vale: os inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), microempreendedores individuais, contribuintes individuais do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) e trabalhadores informais de qualquer natureza.
 
“Recebemos uma relação do governo com o nome das famílias que irão ganhar o vale, isso já foi previamente definido por eles, e nosso trabalho será agora entrar em contato com todos para fazer essa distribuição”, completou Maria.


Todas as pessoas que se encaixarem nos requisitos e estiverem na lista repassada pelo Governo do Estado, para serem contempladas com o benefício, serão informadas e receberão o voucher conforme agendamento que será feito pela Secretária de Assistência Social a partir do dia 11 de maio.


Foto: Ilson L. de Jesus/ PMC