Coronavírus: Famílias em situação de alta vulnerabilidade social recebem kits-alimentos

A ação faz parte do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus por meio dos programas de Aquisição de Alimentos e Coleta Verde


Com o intuito de atender as famílias em situação de alta vulnerabilidade social, a Prefeitura de Colombo por meio das secretarias de Assistência Social e de Agricultura e Abastecimento está auxiliando os moradores, devido às medidas de enfrentamento adotadas em relação à Covid-19.

Nesta semana, entre os dias 08 e 09 de abril, cerca de 2.400 kits com verduras e legumes foram entregues as famílias cadastradas nos programas socioassistenciais do município – como por exemplo o Cadastro Único – por meio dos programas de Aquisição de Alimentos e Coleta Verde.

“Neste momento difícil temos que ajudar quem mais precisa, e olhar para nossa população é nossa prioridade. Por isso, desde o início da pandemia estamos atendendo as famílias mais carentes com alimentos ricos em valor nutricional”, disse o vice-prefeito, Sérgio Pinheiro.

Atualmente, os atendimentos estão sendo destinados a cerca de 100 famílias de crianças e adolescentes cadastradas no Programa Pró-Criando, 830 idosos dos Centros de Convivência e 373 famílias no Programa Família Paranaense. Ao total, mais de 1.300 famílias em situação de alta vulnerabilidade e que utilizam, regularmente, os serviços dos Centros de Referência de Assistência Municipal (CRAS), estão recebendo alimentos – além das pessoas que solicitam apoio emergencial da prefeitura.

“É importante ressaltar que as famílias que precisam desse apoio emergencial, procurem os CRAS mais próximo de suas casas. Lembrando que após esse contato, as equipes do social darão orientações para auxiliá-las de acordo com as suas reais necessidades”, explica a secretária de Assistência Social, Maria da Silva Souza.

O município possui 12 associações de recicladores cadastradas com 180 famílias que também são contempladas com os kits e diariamente, três equipes estão abordando os catadores de lixo reciclável nas ruas – para identificar seus endereços e incluí-los nos benefícios sociais disponibilizados pela Prefeitura. Até o momento, foram abordados cerca de 300 catadores.

Além disso, famílias que possuem alunos matriculados nas Escolas Municipais, acompanhas pelos CRAS e identificadas pela rede de proteção estão recebendo cestas básicas.

Entregas dos kits

Desde a implantação do Comitê de Contingência à Covid-19 no mês de março, estão sendo entregues em formato quinzenal os kits com verduras e legumes às famílias por meio do Programa de Aquisição de alimento e semanalmente por meio do Coleta Verde.

Em uma das entregas das sacolas do Coleta Verde na tarde de quinta-feira, 08, na Associação de Moradores do Monte Castelo, cerca de 300 famílias foram atendidas. E entre elas está a da dona de casa Selma de Fátima, de 57 anos.

“Moro aqui no bairro há uns 22 anos e participo há muito tempo do programa. Toda semana estou vindo buscar a sacola e isso é muito bom, porque ajuda no complemento da alimentação da minha família”, disse.

Coleta Verde e Troca Mecanizada

O Programa Coleta Verde vem atendendo a população mais necessitada por meio dos 12 Núcleos de Defesa Civil, distribuindo os kits de hortaliças nas Associações de Moradores dos bairros, Centros de Convivência e Igrejas. Até o momento foram entregues mais de 3.600 sacolas.

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento Márcio Toniolo, a agricultura familiar é uma das prioridades no município e essa alimentação vem como forma de compra e doação, com produtos classificados pela sazonalidade.

“Essa é uma rede de parceria, e junto dos agricultores do município estamos levando alimento da nossa terra para as famílias carentes. Além do Programa de Aquisição de Alimento e do Coleta Verde, estamos recebendo doações por meio da Troca Mecanizada, no qual os produtores doam verduras e legumes em troca da Hora Máquina para serviços executados pelo trator da prefeitura”, explica Toniolo.

Vale lembrar que o Programa de Aquisição de Alimentos – modalidade Compra da Agricultura Familiar com Doação Simultânea – PAA é uma parceria entre a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Agricultura e o Ministério da Cidadania.

Foto: Marcio Fausto / PMC

Postar um comentário

0 Comentários