Ultimas Notícias

Vereador Anderson Prego pede candidatura própria e é contra aliança com partido do Ratinho

O Vereador Anderson Prego se tornou sozinho uma terceira força na cidade confira a entrevista dele agora.


O Portal Rede de Notícias Parananense trás uma entrevista exclusiva e inédita com o Vereador Anderson Prego  (PT) sobre a política colombense, sobre suas posições, se ele apoia ou não Helder Lazarotto.

Fizemos 10 perguntas para o vereador, confira agora a entrevista na integra com o vereador petista:


1- O senhor é tido como um vereador de oposição, porem sempre acompanhado da palavra inteligente, na Câmara temos outros vereadores de oposição, mas por que o senhor acha que é lembrado sempre como um opositor inteligente?

Bom, primeiramente quero agradecer pela entrevista. Precisamos muito de espaço para apresentar o que pensamos sobre a política colombense. Na verdade, não avalio o trabalho individual de cada vereador. Dentro do mandato primamos pelo debate técnico dos projetos de leis. Não vejo quem é o autor e sim se atenderá as necessidades da população. Colombo ainda muito carentes de políticas públicas e quando o projeto chega na Câmara busco sempre analisar, propor melhorias ou corrigir distorções e erros. Acredito que vem desta atuação como legislador a avaliação de oposição coerente e inteligente.
2- Em diversos projetos encaminhados pela Prefeita Beti Pavin, o senhor votou favorável, mas mesmo assim é de oposição, então por que votar a favor da administração? 
Temos que ter responsabilidade com as ações boas que a prefeitura propõem. Sou oposição, porque gosto de analisar as contas publicas e questionar quando vejo algo errado. Tivemos muitos projetos bons por exemplo a proposta de instituir em lei o Armazém da Família que atendera a população com menos dinheiro. Agora vão poder comprar alimentos, produtos de higiene e limpeza com preço 30% abaixo do mercado. Então fiz a defesa do projeto e votei favorável. Não basta sermos oposição temos que ser responsáveis, do contrario virá um briga pelo poder e não pela população. 
3- A sua relação com os demais vereadores em comparação com a relação dos vereadores da legislação anterior seria melhor em vista, que sua atuação e apoio em indicações tem sido maior nesta? 
Na verdade mantive minha postura, buscando o melhor para nossa cidade, com o passar do tempo muitos vereadores viram que minha forma de fazer política é seria e isto tem garantido que muitas propostas sejam aprovadas.  
4- Sendo um vereador eleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT) como o senhor vê a direção do seu partido no município, aliados ao Ratinho, que é apoiador e foi eleito na onda Bolsonaro? 
O PT tem muitas lideranças e algumas por si só construíram esta relação com o governador, porém não há definição do partido para compor aliança do ratinho. Para você tem uma ideia o debate na instancia estadual tem sido feito e os deputados estaduais já estão na oposição dele. Então em Colombo não será diferente. Eu não consigo acreditar que o PT de Colombo estará junto com um governo que ataca os servidores e a educação pública com tamanha crueldade, propondo até fechamento de escolas.  
5- Por estar no PT e na oposição, os moradores acreditam que o senhor apoia Helder Lazarotto, isto é verdade? E se sim isto não vai contra o seu partido, já que Helder é comissionado no governo Ratinho e apoia Bolsonaro junto ao governador?
Na verdade muitas pessoas sabem que sou idealizador de candidatura própria do PT a prefeita ou prefeito. Me coloquei a disposição do partido para disputar a eleição como prefeito, espero que este debate ganhe força com o partido e com a população. Sei que precisamos de ações concretas em Colombo, com um plano de governo voltado para as questões sócias como: saúde pública de qualidade, educação, segurança, moradia popular, combate a violência contra a mulher, combate ao uso de drogas e, que as juventudes tenham acesso a políticas de primeiro emprego, esporte, lazer e cultura.  
6- Teu nome tem sido cogitado como uma terceira via, como Candidato a prefeito ou vice-prefeito, você tem alguma conversa com seu grupo em relação a isto? 
Todos que me procuram tenho buscado conversar, mas ainda não temos nenhuma definição, pois depende do projeto que pensam para Colombo, só assim posso avaliar estar junto ou não. Sou um sonhador de um município melhor e tenho meus posicionamentos e defesas e tudo isso precisa ser contemplados, para eu estar junto.  
7- Se o Sergio Pinheiro se confirmar como candidato, teu nome já apareceu como vice, aceitaria compor chapa com ele? 
Este é um debate que o partido do trabalhadores precisa fazer, pois não defino sozinho a questão de aliança ou candidatura própria. Então temos buscado conversar por dentro do partido para saber para onde queremos chegar.  
8- Permanecendo como Vereador, Helder ou Sergio quem mais te agrada para ser prefeito? 
Sabe que é um pergunta ainda que não refleti, mas independente de quem ganhar e se eu estiver vereador terei minha postura questionadora e propositiva. Espero que quem esteja na gestão saiba acolher minha propostas de defesa da população.  
9- Saindo candidato a prefeito, quem seria um bom vice-prefeito para ti? 
Teria que ser alguém alinhado os projetos de igualdade social e defesa dos servidores e do serviço público. Nossa população paga muito impostos e precisam de retorno em obras e ações para melhoria na qualidade de vida. Também não governamos uma cidade sem o apoio e valorização dos servidores, que entra e sai prefeito eles continuam trabalhando. Muitos dão o sangue pela nossa cidade.  
10- Há diversos boatos que você não fica no PT, tem a possibilidade de sair mesmo? E se sim para qual partido? 
Então não o momento de eu sair, preciso construir o que acredito junto com o partido que me elegeu. 

Quero aproveitar a oportunidade e deixar meu abraço fraterno aos colombenses. Desejar um feliz natal, que o Menino Jesus renasça em cada um e cada uma. Desejo também ano melhor, prospero, que não falta comida na mesa e muita felicidade. Grande abraço Vereador Anderson Prego

Nenhum comentário