Ultimas Notícias

Comec anuncia alterações em linhas que atendem Colombo


A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) informou que está preparando para a próxima segunda-feira, 16 de dezembro de 2019, uma série de alterações em linhas do sistema metropolitano que atendem o município de Colombo, no Paraná.

Segundo o presidente da Comec, Gilson Santos, as propostas vêm sendo debatidas com vereadores e trarão melhorias significativas para os moradores locais. O objetivo, de acordo com a coordenação, é de ampliar e melhorar o transporte coletivo no município de Colombo e sua ligação com Curitiba.

Confira as alterações divulgadas pela Comec:

A primeira mudança será na linha B06-Ctba/Guaraituba (via Maracanã), que atualmente segue para o terminal Guadalupe através do bairro Bacacheri (Av. Erasto Gaertner), de Curitiba. A partir da próxima segunda-feira, ela passará a se chamar B03-Guaraituba/Guadalupe (via Maracanã-Alto da XV), e fará a ligação com o terminal do Guadalupe pela Linha Verde, adentrando pela Av. Victor Ferreira do Amaral, Rua XV de Novembro e Rua Tibagi.

A alteração, segundo estudos feitos pelo Departamento de Transporte da Comec, resultará em significativo ganho de tempo, visto que a Rua XV de Novembro possui em grande parte do seu trajeto um canaleta exclusiva para ônibus, que passará a ser utilizada por esta nova linha.

Um ponto importante é que os usuários da linha que hoje vão até a região do Bacacheri, não ficarão desassistidos. Isso por que a linha B61-Ctba/Capela do Atuba que atualmente possui como ponto final a Capela do Atuba, agora passa a ir até o Terminal do Maracanã, uma conexão que não existia anteriormente, permitindo novos deslocamentos também para o Jardim Central, Vila Guarani e Jardim Eucaliptos.

Como a mudança ampliará significativamente a demanda desta linha, ela também terá um reforço no atendimento, passando dos atuais 13 horários de partida, para 31 em dias úteis, e mudará sua nomenclatura, passando a se chamar B01-Maracanã/Guadalupe (via Bacacheri).
A linha paradora de ligação dos terminais Guaraituba e Maracanã com o terminal Cabral, a B20-Guaraituba/Cabral (via MARACANÃ) será reforçada, passando de 72 para 85 viagens por dia útil. Essa é a principal linha para a cobertura do eixo Munhoz da Rocha, Erasto Gaertner e Monteiro Tourinho.
NOVAS ALIMENTADORAS – Com a racionalização dos recursos, possibilitada pelas alterações acima, novas linhas alimentadoras serão implementadas: A B45-Belo Rincão/Maracanã que, em horários específicos também realizará atendimento ao Jardim Palmares, localizado junto à BR 116.


O reforço nos horários de pico com a operação da linha B34-Reforço Guaraituba, na ligação entre os terminais Guaraituba e Maracanã.

E a linha B24-Colônia Faria que parte do terminal Guaraituba, deixará
de seguir para o Jardim Palmares, já que este será atendido pela linha B45-Belo Rincão/Maracanã. Com a mudança, passará a atender os moradores no entorno da Rua Nossa Senhora de Fátima, que atualmente precisam caminhar próximo de um quilômetro para acesso ao serviço de transporte coletivo.

As linhas de ligeirinho B05-Guaraituba/Cabral e 607-Colombo/Cic, além das outras linhas de ligação com Curitiba: B11-Maracanã/Sta.Cândida, B25-Maracanã/Bairro Alto, B39-Campo Alto, B41-Maracanã/Capão Da Imbuia, B42-Maracanã/Linha Verde e B43-Rio Verde não sofrerão alterações.

PLATAFORMAS – Nos terminais Guadalupe e Guaraituba haverá remanejamento das plataformas de parada, situação que demandará atenção dos usuários que se dirigem a Colombo, mas também de usuários da linha E68-Ctba/Quississana que segue para São José dos Pinhais, partindo do terminal Guadalupe.

ACOMPANHAMENTO – Segundo o presidente da Comec Gilson Santos, por se tratar de mudanças importantes no sistema, a Comec estará atenta nos próximos meses e preparada para eventuais ajustes. Uma nova conversa com os vereadores de Colombo já está pré-agendada para daqui 30 dias, onde todas as mudanças serão novamente avaliadas.

“É importante destacar que nem sempre conseguiremos aceitação de 100% da população. Mas como os próprios vereadores puderam perceber, estamos realizando mudanças que atenderão o maior número de usuários e trarão melhorias significativas para o sistema”, destacou Santos. 

LINHA VERDE – Embora o eixo norte da Linha Verde esteja passando por obras, ainda assim este itinerário possibilita ganho de tempo, quando comparado à rota através do Atuba, Bacacheri, Cabral, Juvevê e Centro Cívico. A referência está na atual operação da linha B42-MARACANÃ/LINHA VERDE que parte do terminal em Colombo, seguindo pela Estrada da Ribeira e Linha Verde até a Estação-tubo Fanny.

Fonte: Jessica Marques para o Diário do Transporte

Nenhum comentário