Ultimas Notícias

Athlético goleia e ganha mais um titulo internacional: Enquanto Coritiba e Paraná sonham em ganhar algo fora do Brasil


Campeão da Copa Sul-Americana, o Athletico Paranaense coloca mais uma taça internacional em sua sala de troféus, coisa que o Coritiba e Paraná dificilmente farão.



Nesta quarta-feira, em Hiratsuka, no Japão, o time brasileiro venceu o Shonan Bellmare por 4 a 0 e conquistou a Levain Cup, a antiga Copa Suruga. Os gols do jogo foram marcados por Marcelo Cirino, no primeiro tempo, Rony, Thonny Anderson e Braian Romero, na etapa complementar.

O Athletico é o segundo time brasileiro a ficar com o troféu, já que o Internacional levantou a taça em 2009, enquanto São Paulo e Chapecoense pederam em 2013 e 2017, respectivamente.
Abrindo a conta

O Athletico fazia um bom primeiro tempo e pressionava atrás do primeiro gol, mas levou um susto aos 36, quando Tokac mandou uma bomba de longe e anotou um golaço, mas o lance foi anulado por impedimento.

O susto parece ter ajudado e, quatro minutos depois, o time brasileiro abriu o placar. A defesa japonesa afastou parcialmente e deixou a bola nos pés de Wellington, que cruzou na medida para Marcelo Cirino cabecear e mandar para a rede.

Depois do gol, o jogo esquentou um pouco mais, com o Shanon Bellmare ficando perto do empate no chute de Matsuda, e o Athletico ficou perto de ampliar com Marco Ruben.

Definido o título

No segundo tempo, o Athletico não teve muito trabalho para confirmar a conquista.

Aos 10 minutos, Bruno Nazário fez o lançamento para a área e Rony anotou um golaço. Ele dominou no peito tirando a marcação, puxou para dentro e mandou um belo chute cruzado, no ângulo de Matsubara.

Sete minutos depois, veio o terceiro. Pouco depois de entrar em campo, Thonny Anderson recebeu de Cirino dentro da área. Com um domínio no meio da marcação e um toque na saída do goleiro, marcando o terceiro do jogo.

Para fechar a conta, o quarto gol saiu aos 48. No contra-ataque, Braian Romero, outra que entrou no segundo tempo do jogo, recebeu a bola, tirou o goleiro e bateu para fechar o jogo.

Fonte ESPN

Nenhum comentário