Ultimas Notícias

Suspeita de estelionato é presa pela segunda vez em 45 dias em Colombo

Foi presa em Colombo uma mulher de 34 anos suspeita de se passar por proprietária ou engenheira para "vender" apartamentos que nunca pertenceram a ela. Foi a segunda prisão de Janaína Pereira Alves Buss em um intervalo de 45 dias.

No dia 21 de fevereiro ela foi presa vender imóveis de um conjunto habitacional em Pinhais. Desta vez, a suspeita estava negociando os mesmos apartamentos com outra vítima, um advogado, que inclusive já havia feito um depósito de R$ 500.

A vítima desconfiou da forma como a negociação estava sendo feita e acionou a Polícia Civil (PCPR). “Ela ofereceu o imóvel por R$ 70 mil e a vítima, que também é corretor, avaliou que o apartamento valia pelo menos o dobro”, explicou o delegado Emmanuel David, titular da Delegacia de Estelionatos.

“Infelizmente ela faz do estelionato seu modo de vida. Ela ganha a vida assim. A mulher foi presa há pouco mais de um mês atrás ‘vendendo’ o mesmo imóvel no conjunto habitacional”, completou.

Nas duas situações ela se intitulava proprietária e engenheira responsável pelas construções, mas seu objetivo era lesar os compradores. Desta vez, além das denúncias, a polícia constatou que Janaína também tinha um mandado de prisão em aberto.

Por ser um crime de menor potencial ofensivo, a suspeita pode ser libertada mediante pagamento de fiança.

Colaboração PCPR

Nenhum comentário