Travesti esfaqueiam empresário após transarem


O que era para ter sido uma noite de diversão terminou dor de cabeça para um empresário na madrugada desta quarta-feira (29), no bairro Rebouças, em Curitiba. O homem foi assaltado e ainda levou uma facada após se envolver em um programa amoroso com uma travesti, na região da Praça Ouvidor Pardinho.

Conforme apurado pela Polícia Militar (PM), o comerciante, que é dono de uma loja em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), havia contratado uma travesti para um encontro. Os dois foram para o motel e, na volta, enquanto deixava a garota de programa de volta em um ponto de prostituição, na Rua Getúlio Vargas, o homem foi surpreendido por outras travestis.

No momento em que o empresário abriu a porta do carro para a travesti descer, as outras suspeitas embarcaram e anunciaram o assalto. O homem tentou reagir e, após uma luta corporal, foi ferido no braço e na perna. Mesmo assim, ele conseguiu fugir e dirigiu até a Praça Afonso Botelho, em frente à Arena da Baixada, onde pediu ajuda aos policiais da Unidade Paraná Seguro (UPS).

O ferimento foi superficial e, com vergonha, o comerciante se negou a ir para o hospital. Ele teve a carteira com documentos e o celular levados pelos assaltantes. Até o momento, ninguém foi preso, mas a polícia não descarta que as supostas travestis fossem moradores de rua.
Fonte Na Tela do 190

Postar um comentário

0 Comentários