Museus fazem 'vaquinha' para comprar tela de Elizabeth I

Fundo de Arte do Reino Unido e Museu Marítimo Nacional precisam arrecadar 10 milhões de libras (cerca de 52 milhões de reais) para adquirir a pintura

Uma campanha organizada pelo Museu Marítimo Nacional do Reino Unido e pelo Fundo de Arte britânico foi lançada nesta segunda-feira para arrecadar o dinheiro necessário para comprar o quadro Armada Portrait, um dos mais famosos retratos da rainha Elizabeth I e um dos principais da história da arte do país.

A obra, segundo o jornal britânico The Guardian, foi colocada à venda pelos familiares distantes de Sir Francis Drake, capitão inglês e membro da cavalaria britânica no século XVI, que era dono do quadro. O preço para adquirir o retrato, entretanto, é alto: 10 milhões de libras (cerca de 52 milhões de reais). A imagem é uma das mais conhecidas da rainha no país e no mundo, aparecendo frequentemente em livros escolares e servindo de referência para retratar a monarca em filmes e peças.

O autor do quadro é desconhecido, mas acredita-se que ele foi pintado por volta do ano de 1590. Além da que obra que está em posse da família de Sir Francis Drake, existem duas outras versões: uma na Wobourn Abbey e outra na National Portrait Gallery, mas especialistas acreditam que essa é a original.
VEJA

Por Alsson Schneider

Postar um comentário

0 Comentários