Dia Internacional da Mulher teve programação especial em Colombo

O Dia Internacional da Mulher foi marcado por uma programação especial em Colombo. A data, lembrada em 8 de março, é um momento de reflexão sobre os direitos e a posição da mulher na sociedade.
Pensando nisso, a Prefeitura de Colombo por meio das Secretarias de Assistência Social e Saúde promoveram diversas atividades para homenagear o público feminino, nesta quarta-feira, 8.
Os Centros de Convivência do município promoveram diversas atividades voltadas à autoestima da mulher. A programação teve início com um almoço diferenciado para os idosos nas unidades de atendimentos. Nas ações, as mulheres tiveram a oportunidade de participar de palestras, passeios, danças, momentos de beleza e roda de conversa.
Para a Secretária de Assistência Social, Maria da Silva Souza estes encontros são relevantes para debater a importância das mulheres na sociedade. “Nosso principal objetivo foi preparar um dia especial para as mulheres e também para os homens que frequentam o Centro de Convivência. É dia de homenagear nossas mulheres, mães, avós, tias, irmãs - que com muita luta estão conquistando um espaço digno e com respeito. Para nós é uma grande satisfação poder fazer parte deste trabalho aqui no Centro”, disse Maria.

A Secretaria de Saúde do município também promoveu ações em alusão ao dia da mulher. No período da manhã a Unidade de Saúde da Mulher, ofereceu um café da manhã e dicas de beleza. Além, de palestras sobre o Empoderamento Feminino. Os exames de Coleta de Preventivos também estavam disponíveis para as mulheres durante todo o dia.
Já o Centro de Atenção Psicossocial para Transtorno Mental (CAPS TM) em parceria com o Instituto Paranaense de Profissionais em Ambiente e Saúde (IPPAS) também realizou no período da manhã serviços de beleza para as mulheres. Cerca de 50 pacientes foram contempladas com tratamento facial, maquiagem, manicure e tratamento capilar.
As pacientes também participaram de dinâmicas recreativas e palestras informativas ministradas pela equipe de Saúde Mental. "Foi destacando o cuidado e a prevenção à saúde mental da mulher. Já que segundo dados da Associação Brasileira de Psiquiatria, as mulheres estão mais expostas a fatores estressores como violência e abuso", disse o secretário da pasta, Darci Martins Braga.
Atualmente o Centro de Atenção Psicossocial atende aproximadamente 250 pacientes - entre homens e mulheres - que necessitam de tratamento com enfoque nos transtornos mentais de médio e alto risco. 
Com PMC
Fotos: João  Senechal

Postar um comentário

0 Comentários