Papo Calcinha: Paquera

Convenhamos, todo mundo já teve aquela paquera. Seja ela no colégio, trabalho, faculdade, igreja e até mesmo no ônibus. O fato da aproximação pode nos deixar bem, ou não. 

Preciso colocar uma coisa em pauta: homens, quando estiverem paquerando, favor não ficar falando de seus bens, acaba ficando constrangedor para ambas as partes. Assuntos muito pessoais, também não devem ser ditos de cara, na paquera. Paquera significa: tentar aproximação com alguém para viver um namoro ou uma aventura amorosa. 

Um dia marquei um encontro com um rapaz em um shopping, o papo ia fluindo bem, até ele começar a falar sobre seus bens. Contou-me sobre o carro que iria comprar, sobre a empresa de seu pai, sobre uma viagem que iria fazer para os Estados Unidos, enfim, eu realmente não tenho interesse em saber sobre essas coisas. Meu caro amigo, quero saber sobre você, não o que você possui. 

Quando estiver paquerando, seja simpático, diga o que gosta de fazer, passeiem em lugares públicos (melhor forma para saber se uma pessoa é realmente bacana), conhecam lugares novos, compartilhe seus medos e frustrações , sinceridade desde a paquera é sempre bem vinda também. 

Procure paquerar quem você realmente está interessado, não seja um "atirador" ou como muitos chamam: "metralhadora", que atiram para todos os lados, isso realmente perde a credibilidade. 

O momento varia de pessoa para pessoa, alguns fazem de tudo para chamar a atenção, falam alto, riem, passam a mão no cabelo, piscam, assobiam, enquanto outros são mais tímidos. Vale a pena lembrar que paquera é uma aproximação, respeitando sempre os limites um do outro. 

Boas paqueras!

Por Thalita Nunes


Postar um comentário

0 Comentários